Blog da Escola dos Freires

19
Nov 08

A turma do 1º e 2º ano, trabalhou a história tradicional "O Velho, o rapaz e o burro". A história foi contada por etapas com a participação da professora e dos alunos. As imagens foram espalhas ao acaso pelo quadro e os alunos foram construindo a história com as sucessivas imagens à medida que a professora contava oralmente a história. 

O velho, o rapaz e o burro
 
            Avô e neto foram à feira vender o burro. Para que o animal tivesse um aspecto fresco o avô decidiu que não montassem o animal, pelo que caminhavam a pé junto dele.
Ao passarem por um grupo de pessoas estas riram-se e comentaram:
            - Olha estes dois vão-se a cansar e o animal todo fresco.
            Ouvindo isto o avô disse ao neto que o montasse, sempre era mais leve e assim o povo não falaria.
            Mais adiante outros criticaram:
            _Se tem jeito! O rapaz que é forte vai consolado no burro e o velho, já cansado da vida, vai a pé.
            De imediato o avô pediu ao neto para se apear e montou ele o burro.
            Não foi preciso andar muito para alguém comentar:
            _ Não acredito! O velho obriga o rapaz a ir a pé quando o burro pode bem com os dois.
            O avô nem pensou e disse ao neto para montar também e seguiram os dois no burro.
            Pouco andaram e foi com espanto que ouviram:
            _Malvados! O pobre animal vai com peso destes dois. O burro merecia era que o levassem às costas.
            Já pouco satisfeito o avô disse ao neto que iam desmontar e de seguida pediu-lhe que o ajudasse a pegar no burro às costas.
            Alguns metros adiante, um grupo que passava, parou a olhar espantado e um deles comentou:
            _ Mas afinal quem é o burro?! Nunca vi coisa assim! O mundo está ao contrário.
            Finalmente o avô disse ao neto para pousarem o burro e caminharem ao lado dele como quando tinham saído de casa. Feito isto foi comentando com o neto:
            _ Que nos sirva de lição; devemos agir pela nossa cabeça. Se dermos ouvidos a toda a gente já sabemos: cada cabeça sua sentença.
 
História tradicional
 As imagens ordenadas e legendadas pelos alunos:
     
     
     
     

 

 

Jogo de identificação dos ditongos com palavras do texto:

 

EB1 de Freires- turma A

 

 

 

 

publicado por freirescola às 23:27

comentário:
Esta história é memo engraçada. E o proverbio tem rasão cada cabeça sua sentença.
beijinhos á professora Helena e aos seus alunos.
lili a 1 de Dezembro de 2008 às 17:06

arquivos
Novembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
15

16
17
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar
 
blogs SAPO